Pular para o conteúdo principal

VIA SACRA EM COPA CABANA É ACOMPANHADA PELO PAPA

Na chamada de “Via Sacra solidária dos jovens”, atores conhecidos como Eriberto Leão, Narjara Tureta, Cássia Kiss, Livian Aragão, Murilo Rosa a cantora Elba Ramalho, a apresentadora Ana Maria Braga representam as 14 estações da Paixão e Morte de Jesus.
 Ao som de matracas e com a cruz peregrina, que pesa 31 quilos, sendo levada de estação em estação, tendo como guardiões militares, escoteiros e outros jovens, foram realizadas as cenas da Via Sacra com estrutura bem simples: uma narração e uma meditação. Em cada uma das meditações, Jesus é representado por uma pessoa que sofre ou por alguém que caminha nessa vida procurando ser fiel a Deus e ao seu convite de amor como os que respondem à vocação que recebem, segundo os textos das reflexões apresentadas.
Um exemplo, segundo o Diretor da espetáculo, Ulysses Cruz, na encenação da sexta estação, quando Verônica enxuga o rosto de Cristo, todas as mulheres são Verônica. E a meditação se estendeu a situações em que as mulheres se debruçam sobre Mulheres prostituídas, famílias na miséria, jovens desempregados, minorias tratadas com preconceito foram os exemplos dados na meditação que mostrou “que a face de Jesus fica estampada no lenço da solidariedade”.
Os textos declamados pelos atores e voluntários foram gravados previamente para dar qualidade e pureza ao som que todos ouviram durante o espetáculo. Alguns personagens como Maria, vivida pela atriz Cássia Kiss, foram representados nas cenas sem texto. A ideia foi fugir do realismo para que as cenas tivessem uma interpretação atual.
“Na hora da dor, melhor falar de Deus é falar com Deus”, mostrando que rezar é mais importante que explicar a fé foi o que se destacou, no texto declamado, o narrador da oitava estação. E na décima estação, um jovem pede que Cristo não permita que essa geração se perca no meio dos avanços tecnológicos de comunicação, especialmente a internet, e passem a substituir o contato real com as pessoas pelo contato virtual. Curioso que foram rapazes engravatados a representar o ambiente de opressão na décima primeira estação.
A coreografia foi inspirada no barroco mineiro e português acompanharam cada uma das cenas. Na décima segunda estação, enfermeiros entraram em cena carregando cadeiras de rodas e abrem uma porta do cenário, colocando-se de joelhos para passar a ideia da morte de Jesus. Um médico que acompanha doentes terminais pediu, na meditação, que Jesus fizesse dele um “missionário da vida” e o convertesse para o serviço aos irmãos.
Na décima terceira estação, quando Jesus é descido da cruz, com uma reprodução da famosa “La Pietá” de Michelangelo no palco, com tradução para a sinais de Libra para os surdos-mudos, afirmou-se que, muitas vezes, todos os discursos são insuficientes e que existem momentos que o silêncio fala muito mais.
A cruz peregrina se dirigiu até o palco principal onde está o Papa Francisco para encenar a última estação. No século XVI foi consolidada 14 estações, mas é comum encontrar a décima quinta estação nas igrejas, mas que não são, comumente encenadas, por se tratar da ressurreição de Jesus. E na décima quarta estação, o ator Murilo Rosa, surpreendeu pedindo a bênção do Papa para ele e para sua família, antes de recitar o texto bíblico. Uma jovem pediu para que os jovens sejam enviados nesse tempo de uma nova evangelização. Em seguida, vários jovens, representando os continentes, fizeram pedidos em várias línguas.
O Papa fez uma oração para concluir a Via Sacra.
Os textos recitados são de autoria dos padres dehonianos Zezinho e Joãozinho e as leituras bíblicas também foram feitas por nomes como o de Bruna Roulin, Luciano Mitchel, Carolina Dutra, Tamires Coelho, Carol Nemetela, Raphael Najan.
FONTE: CNBB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO PEDRO E SÃO PAULO

Hoje a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo apóstolos. Estes santos são considerados "os cabeças dos apóstolos" por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários. Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao Mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro. Em princípio, fraco na fé, chegou a negar Jesus durante o processo que culminaria em Sua morte por crucifixão. O próprio Senhor o confirmou na fé após Sua ressurreição (da qual o apóstolo foi testemunha), tornando-o intrépido pregador do Evangelho através da descida do Espírito Santo de Deus, no Dia de Pentecostes, o que o tornou líder da primeira comunidade. Pregou no Dia de Pentecostes e selou seu apostolado com o próprio sangue, pois…

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com a banda de musica às 5h, juntamente com uma queima de fogos; missa solene, às 9h, celebrada pelo Padre Rodrigo Paiva; Ofício da Imaculada Conceição, às 11h30; e às 12h, solene descida da imagem de Nossa Senhora do Livramento do seu nincho, sendo coroada logo em seguida, e saudada por um pipocaço de fogos. Às 16h, a imagem de Nossa Senhora do Livramento saiu de sua matriz em procissão pelas ruas de Taipu, tendo grande número de fiéis acompanhando. Ao chegar na matriz, houve a Missa de encerramento da festa, celebrada pelo Padre Edílson Soares Nobre. Após a Missa foram arriadas as bandeiras, com o show pirotécnico. A festa foi encerrada após a solene subida de Nossa Senhora ao seu nincho, e da entrega das flores. Ás 18h30, foi servido o jantar de Nossa Senhora do Livramento, no largo da matriz. Um grande momento de confraternização e reencontro das …

TAIPU REALIZA VESTIDURA DE COROINHAS

A Paróquia de Nossa Senhora do Livramento realizou no dia 22 de fevereiro, a investidura dos 10 novos coroinhas e a renovação de 8 antigos em Taipu. A celebração foi durante os festejos do aniversário natalício do Padre Helenildo Marques, na matriz de Nossa de Nossa Senhora do Livramento. Cerca de 30 coroinhas de Poço Branco e Natal participaram da investidura, juntamente com os paroquianos das comunidades que lotaram a igreja por ocasião da data importante para a paróquia. Veja as fotos:











Fotos: Pascom Santo Antônio de Pádua