segunda-feira, 27 de setembro de 2010

SÍTIO SANTA EDWIGES RECEBE CRUZ POLÊMICA

Nesta última sexta-feira, 17/09, o Sítio Santa Edwiges, na comunidade dos Barbosas, recebeu a cruz que tanto causou polêmica na cidade de Poço Branco.
Com a intenção de dar um presente a cidade e notando a ação do tempo na cruz que veio de Poço Branco Velho, o sr. Fernando teve a idéia de presentear a comunidade com uma cruz nova. A antiga cruz iria para a igreja do Sagrado Coração de Jesus, onde seria colocada em local de acesso às pessoas que quisessem rememorar o seu tempo na antiga comunidade de Poço Branco velho.
Infelizmente, por falta de diálogo e entendimento, uma grande polêmica foi armada e para evitar maiores transtornos, foi-se conservada a cruz antiga e a srª Benta Verônica pediu para que a cruz nova fosse colocada em frente a capela de Santa Edwiges na comunidade dos Barbosas, distrito de Poço Branco.
Na ocasião foi realizado um momento de oração pela presença da cruz naquela comunidade.
Medindo 4mts de altura por 2mts de largura, a cruz pode ser vista à distancia por quem mora na região.
Que o Coração de Jesus, por intercessão de Santa Edwiges possa abençoar aquela comunidade que recebeu a cruz com o coração aberto.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

O DÍZIMO COMO FRUTO DE UMA DECISÃO

O Dízimo é fruto de uma decisão amadurecida pela reflexão. Uma decisão que persiste enquanto for alimentada e renovada pela fé. Ninguém dá o que não tem, por isso a generosidade aliada ao senso de gratidão devem estar enraizadas no coração do cristão que se dispõe a ser dizimista. Se estiverem ausentes a gratidão e a generosidade, ninguém conseguirá assumir o dízimo como um compromisso fiel de participação efetiva na vida de sua comunidade. É reconhecidamente verdadeiro que tornar-se dizimista é um processo que comporta até mesmo algumas dúvidas, angústias e inquietações. Mas estas dificuldades, ao serem paulatinamente superadas vão dando uma consistência ainda maior à decisão tomada. O dizimista vai percebendo que, pela graça de Deus, é capaz de desapegar-se de um valor material em benefício da comunidade em sua missão evangelizadora. Ele então consegue se dar conta de que a sua contribuição, ou melhor, a sua retribuição através do Dízimo o leva a ser um agente de transformação da realidade que vive em comunhão com os irmãos de fé. O dizimista não cobra privilégios, ao contrário, ele tem consciência de que já é privilegiado pela sua condição de poder participar generosa e plenamente da vida de sua comunidade que depende da participação de todos para ser realmente uma comunidade viva e propagadora do Evangelho. O caminho da fé é exigente e nele só caminham aqueles que estão disponíveis para abraçar seus compromissos batismais, dentre os quais se encontram a co-responsabilidade pela manutenção da comunidade à qual pertence cada fiel batizado. O cristão não se sentirá plenamente participante enquanto não assumir tudo aquilo que lhe compete realizar no corpo eclesial. Se a cada cristão corresponde um chamado específico – alguns para o sacerdócio, outros para a vida religiosa e a maioria para a vida matrimonial – a todos corresponde um chamado geral para contribuir na própria medida e capacidade na manutenção e sustento da comunidade, na propagação do Evangelho e na celebração da vida em fraternidade através da sagrada liturgia. O dizimista, como um destes fiéis chamados por Deus, participa da comunidade de uma forma concretamente responsável, procurando doar o melhor de sua medida e capacidade para cooperar o quanto pode na instauração do Reino de Deus entre nós! Assim refletindo é possível afirmar que o Dízimo é fruto de uma decisão. E se na vida existem decisões das quais nunca nos arrependemos de tomar, certamente a decisão pelo Dízimo é uma delas porque não consta que alguém tenha assumido conscientemente o Dízimo e depois se arrependesse de ter se tornado dizimista!

http://luiztarciso.net/dizimo/dizimofruto.html

COMO ENCONTRAR A SABEDORIA?

Muitos homens procuram adquirir bens materiais e construir grandiosas fortunas no mundo terreno, além da busca incessante pelo sucesso, prestígio reconhecimento e poder, contudo, muitos se perdem pelo caminho traçado, haja vista que os verdadeiros valores para se viver bem a vida, encontra-se na sabedoria e no discernimento que Deus dá a cada um dos seus filhos.
Todavia, para se adquirir a sabedoria, necessitamos do maior dos dons: o temor a Deus. É através do temor ao senhor que encontramos a sabedoria e o discernimento. Sendo obedientes aos preceitos do Senhor, andamos pelos caminhos da justiça e da retidão. Deparamo-nos com valores que antes não estavam presentes em nossa vida.
“Suportas as demoras de Deus e agarra-te a ela e não a largues, para que sejas sábios em teus caminhos” (Eclesiástico, 2; 3). Deus está sempre apto a nós ajudar a encontrar a sabedoria, entretanto, se faz necessário que tenhamos a consciência que para receber tal bem de Deus, devemos andar pelos caminhos que Ele trilhou para cada um de nós. Além do que, ter paciência e saber esperar as demoras do senhor, já que o tempo de Deus não é necessariamente o nosso tempo.
A sabedoria nos transporta para o caminho que leva-nos ao verdadeiro conhecimento de Deus e nos impulsiona a buscar os legítimos valores da vida cristã. O homem sábio é aquele que pratica a justiça em todos os lugares por onde anda. Tem um coração misericordioso e bondoso, deste modo, ama a vida que Deus lhe proporcionou.
Para encontrar a sabedoria e vivenciá-la em nosso dia a dia, devemos, pois, temer ao senhor, sendo obedientes aos seus mandamentos, tratando cada irmão igualmente, amando o próximo sem distinção, obedecendo ao preceito da justiça, sendo humildes, nunca orgulhosos, nem presunçosos e nem tão pouco arrogantes e soberbos.
“Pois a sabedoria é mais ágil que qualquer movimento, e atravessa e penetra tudo por causa da sua pureza. Ela é o sopro do poder de Deus, uma emanação pura da glória do Todo-Poderoso” (sabedoria, 7, 24-25). A sabedoria transborda luz e clareza por onde passa, quem a possui é feliz. Sendo fiés e obedientes ao Senhor temos a convicção que adquiriremos a sabedoria e o conhecimento.

Josy Souza

QUAL O PROPÓSITO DA BÍBLIA?

O fator mais importante – que classifica a Bíblia como o livro mais singular – é a influência que ela tem sobre a vida dos homens. Através de suas páginas o homem se vê exposto à sua verdadeira condição diante de Deus; a Palavra de Deus é como uma espada que penetra até os pensamentos e propósitos do homem e o convence de seus pecados diante do Todo-poderoso (cf. Hb 4:12). "Porque a Palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração").
Santo Agostinho era um homem indisciplinado e libertino em sua juventude, porém, sua mãe orava por ele enquanto ele crescia. Depois de levar uma vida dissoluta por muitos anos, certo dia, com trinta e um anos de idade, ao ler a Bíblia debaixo de uma figueira, chegou ao trecho que diz "Andemos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedices, não em impudicícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes, mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e nada disponhais para a carne, no tocante às suas concupiscências" (Rm 13:13-14). Essas palavras o convenceram dos seus pecados e ele se arrependeu diante do Senhor e se tornou um servo de Cristo.
A Bíblia existe para que possamos compreender, temer, respeitar e amar a Deus sobre todas as coisas, assim ela se denomina a si mesma como a Sagrada Escritura: "E desde a infância conheces as Sagradas Escrituras e sabes que elas têm o condão de te proporcionar a sabedoria que conduz à salvação, pela fé em Jesus Cristo. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra" (cf. II Tm 3,15-17).
Quando lemos a Bíblia, devemos entrar em contato com o Senhor Jesus, orando para que Ele nos dê revelação da palavra lida.
"Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos" (Ef 6,17-18). E orando também para que sejamos capacitados pelo Espírito Santo para viver a Palavra de Deus, e não só apenas conhecê-la em nossa mente, pois o simples fato de conhecermos a Bíblia não nos faz cristãos; os judeus cometeram esse erro, pois eles examinavam as Escrituras, mas não conheciam a Pessoa de Cristo.
Não devemos tomar a Bíblia como um livro comum, apenas para nos trazer algum conhecimento a nossa mente, mas devemos tomá-la como um livro de vida, contatando o Senhor Jesus, através da oração, para que Ele nos conceda algo vivo em Sua Palavra, ou seja, algo que traga uma lição prática para o nosso viver no dia a dia, pois a intenção de Deus, revelada na Sagrada Escritura, não é apenas a salvação do nosso espírito, como também a salvação de todo o nosso ser, para que consigamos viver coletivamente na Igreja.
Padre Anderson Marçal

FESTA DE SANTA TEREZINHA



A comunidade de Santa Terezinha festejará sua padroeira do dia 23/09 ao dia 01/10.
Com o tema: "A VIDA É UM INSTANTE ENTRE DUAS ETERNIDADES" a comunidade se reunirá para mais uma novena em honra a Santa Terezinha do Menino Jesus.

PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA

Dia: 23/09 - Quinta-Feira
12h - Ofício de Nossa Senhora
19h30 - Abertura - Santa Missa (1° dia do novenário)
Presidente: Pe. João Maria dos Anjos Sobrinho
Responsável: Cosme Amaro
Grupo de Cântico Santa Terezinha

Dia: 24/09 – Sexta-feira
12h - Ofício de Nossa Senhora
19h30 - Santa Missa (2° dia do novenário)
Presidente: Pe. Adriano Henrique da Costa
Responsável: Francisca Generoza da Silva
Grupo de Cântico: Imaculado Coração de Maria

Dia: 25/09 - Sábado
12h - Ofício de Nossa Senhora
19h30 - Celebração da Palavra (3° dia do novenário)
Presidente: Diác. José Belizário Ferreira
Responsável: Maria Ires da Silveira de Melo
Grupo de Cântico: Sagrado Coração de Jesus

Dia: 26/09 - Domingo
12h - Ofício de Nossa Senhora
19h30 - Celebração da Palavra (4° dia do novenário)
Presidente:
Responsável: Manoel Mariano e Valmir Fernandes
Grupo de Cântico: Santa Terezinha

Dia: 27/09 - Segunda-Feira
12h - Ofício de Nossa Senhora
19h30 - Celebração da Palavra (5° dia do novenário)
Presidente:
Responsável: Paulo Henrique e Cosme Amaro
Grupo de Cântico: Imaculado Coração de Maria

Dia: 28/09 - Terça-Feira
12h - Ofício de Nossa Senhora
19h30 - Celebração da Palavra (6° dia do novenário)
Presidente:
Responsável: Livramento Aquino e Francisco Joaquim
Grupo de Cântico: Sagrado Coração de Jesus

Dia: 29/09 - Quarta-Feira
12h-Ofício de Nossa Senhora
19h30 - Celebração da Palavra (7° dia do novenário)
Presidente: Diác.: José Belizário Ferreira
Responsável: Paulo Henrique e Cosme Amaro
Grupo de Cântico: Imaculado Coração de Maria

Dia: 30/09 - Quinta-Feira
12h - Ofício de Nossa Senhora
19h30 - Celebração da Palavra (8º dia do novenário)
Presidente: Pe. Edvan Araújo de Lucena
Responsável: Paulo Henrique
Grupo de Cântico: Sagrado Coração de Jesus

Dia:1/10 - Sexta-Feira
12h - Ofício de Nossa Senhora
19h30 - Santa Missa (9° dia do novenário - Encerramento)
Presidente: Pe. João Maria dos Anjos Sobrinho
Responsável: Maria Ires da Silveira de Melo
Grupo de Cântico: Santa Terezinha

FESTA DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE

A comunidade de Nossa Senhora da Piedade, no distrito de Contador, município de Poço Branco, festejou de 04 a 12/09 a sua padroeira.

No dia 10/09 receberam a primeira comunhão 44 crianças. A missa foi presidida pelo Pe. João Maria dos Anjos Sobrinho, administrador da Paróquia. Durante a homilia o Padre João Maria deu ênfase a importancia da permanecia daquelas crianças nos trabalhos pastorais desenvolvidos naquela comunidade.

Durante nove noites a comunidade se reuniu em torno do altar para agradecer ao Pai Eterno as bênçãos derramadas sobre a comunidade por intercessão de Nossa Senhora da Piedade.

No domingo, 12/09, após a celebração de batizados e procissão pelas ruas do distrito, o Diácono José Belizário, realizou a celebração de encerramento da festa.

Procissão

Encerramento - 12/09

Primeira Comunhão - 10/09

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...