segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

PROCESSO CATECUMENAL DE INICIAÇÃO A VIDA CRISTÃ: Um Jeito Novo de Catequizar

A pastoral da catequese vive momentos de transformação na Arquidiocese de Natal, com a implantação do processo catecumenal, chamado de “Iniciação a Vida Cristã”.

Processo esse que visa à valorização de todas as fases na caminhada feita pelo candidato dentro do período em que ele passa em preparação para os sacramentos como: Batismo, Eucaristia e Crisma. Este novo processo de catequizar vem buscar introduzir cada cristão por ela assistido a uma vivencia comunitária através da escuta da palavra, nas celebrações e com o testemunho de vida, como era feito lá nas primeiras comunidades cristãs, que nos é apresentado por São Paulo em suas cartas.

O que nos leva a fazer uma adesão a este novo processo? É evidente ver que as pessoas recebiam o sacramento e muitas vezes, ou sempre, não tinha a vivencia com a palavra e muito menos o convívio na comunidade cristã. Isso fez com que se repensasse o método utilizado pelas comunidades. O documento de Aparecida, pesando na missão, nos faz esse convite de adesão ao catecumenato, quando ele convida cada um a valorizar o ser humano seja lá quem ele for no extenso processo de evangelização da igreja do Brasil.

Este processo catecumenal se divide em quatro tempos:

1º - Pré – catecumenato: chamado de tempo de evangelização, momento destinado ao amadurecimento da vontade de seguir Jesus.

2º - Catecumenato: este tempo é destinado a formação e exercitam-se na pratica da vida cristã e comunitária.

3º - Purificação e Iluminação: esta fase é realizada prioritariamente no tempo da quaresma, este tempo é marcado pelo rito da eleição ou inscrição do nome.

4º - Mistagogia: realiza-se durante o tempo pascal e tem por finalidade permitir que os que receberam os sacramentos, tanto os neo-cristãos como os que completaram a sua iniciação, vivenciem mais profundamente o mistério pascal de Cristo através de uma vida nova.

Cada etapa aqui colocada é marcada sempre em seu inicio por uma celebração junto a comunidade, já que este processo como já foi colocado visa inserir os novos cristãos na comunidade.

Francisco de Assis

Coordenador de Catequese

MISSA DO NATAL EM POÇO BRANCO

Um grande número de fiéis lotaram o patamar da Igreja do Sagrado Coração de Jesus para a missa do Natal do Senhor em Poço Branco.
O Pe. Francisco de Assis lembrou a importância do nascimento de Jesus, feito homem, e o sentido do Natal para a humanidade. Lembrou o esquecimento da humanidade no tocante ao sentido espiritual e a forma como muita gente apenas se preocupa com roupas, pinturas em suas casas, comidas e bebidas.
Infelizmente lembra-se de tudo, menos do principal deste dia. O aniversariante.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

PAPA NOMEIA DOM JAIME NOVO ARCEBISPO DE NATAL


O Papa Bento XVI aceitou a renúncia do Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Matias Patrício de Macêdo, nesta quarta-feira, dia 21 de dezembro, em conformidade com o Código de Direito Canônico, que recomenda que todo Bispo que complete 75 anos de idade deve apresentar renúncia ao cargo. Dom Matias completou 75 anos em 14 de abril de 2011, mês em que apresentou o pedido de renúncia ao Papa.
O Papa nomeou o Bispo de Campina Grande-PB, Dom Jaime Vieira Rocha, como o novo Arcebispo Metropolitano de Natal. A posse de Dom Jaime na Arquidiocese está marcada para o dia 26 de fevereiro, na Catedral Metropolitana de Natal.
A partir de hoje até o dia da posse, Dom Matias será o Administrador Apostólico da Arquidiocese de Natal.

Quem é o novo Arcebispo

Dom Jaime Vieira Rocha é natural de Tangará-RN, paróquia da Arquidiocese de Natal, onde nasceu em 30 de março de 1947, filho de José Patrício de Melo e Maria Nini Rocha. Fez os estudos de Filosofia e Teologia na Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, em São Paulo-SP. É formado em Ciências Sociais, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, e IBRADES, no Rio de Janeiro-RJ. Também fez o curso de Atualização para Formadores de Seminários, em Roma, Itália.
Foi ordenado padre no dia 01 de fevereiro de 1975, em Natal-RN. Foi nomeado Bispo da Diocese de Caicó-RN, em 29 de novembro de 1995. A ordenação episcopal aconteceu no dia 06 de janeiro de 1996, na Basílica de São Pedro, em Roma, na Itália, pelo então Papa João Paulo II. Escolheu como lema: “Scio Cui Crediti” (Sei em quem acreditei). Dom Jaime governou a Diocese de Caicó por nove anos – de 1996 a 2005. Em 2005 foi transferido para a Diocese de Campina Grande-PB, onde permaneceu até agora.
No período de 1997 a 2003, Dom Jaime foi o Bispo Referencial da Comissão Episcopal Regional para a Vida e a Família; de 2007 a 2008, acumulou o cargo de Bispo da Diocese de Campina Grande com o de Administrador Apostólico da Diocese de Guarabira-PB. Atualmente é o Bispo Referencial da Comissão Episcopal Regional para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, do Regional Nordeste 2; e membro da Comissão Episcopal para a Amazônia, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB.

Fonte: Recan

domingo, 18 de dezembro de 2011

PRIMEIRA COMUNHÃO EM POÇO BRANCO


Nesta sexta-feira, 16/12, 94 crianças receberam sua primeira comunhão, dentro de uma celebração lindíssima e muito festiva. Com uma homilia tocante e chamativa ao compromisso, não só das crianças, mas, também dos pais, o Pe. Francisco de Assis exortou sobre a importância da participação nos momentos eucarísticos da comunidade, pois, infelizmente, é grande o número de crianças e jovens que após a celebração sacramental, não voltam a igreja.

Um momento marcante da celebração foi no momento da paz, quando as crianças foram abraçadas por aquele que é o representante de Cristo. "Deixai vir a mim as crianças e não as impeçais, porque o Reino de Deus é daqueles que se lhes assemelham". (Mc 10,14)

Duas crianças receberam também o Sacramento do Batismo. Ambas tiveram a alegria de receber, ao mesmo tempo, dois sacramentos importantes da vida cristã.

Que possamos perseverar em nossas orações para que nossas crianças e jovens compreendam o amor do nosso Pai Eterno e possam se engajar em movimentos próprios para eles.

Que o Sagrado Coração de Jesus as abençoe e conduza.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

94 CRIANÇAS RECEBERÃO PRIMEIRA COMUNHÃO EM POÇO BRANCO

Nesta sexta-feira, 16 de dezembro, 94 crianças irão receber a Sagrada Eucaristia pela primeira vez. Estas crianças conceberão seu terceiro sacramento, já que receberam o sacramento do batismo, ao nascer, e agora, o sacramento da penitência para poderem comungar pela primeira vez.

A comunidade muito se alegra e pede a Deus que as ilumine para que possam perseverar na fé.

A Santa Missa será neste dia 16 de dezembro, às 19h, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Poço Branco.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

ADVENTO

Advento significa: vinda, chegada. Todos os anos nos preparamos para o Natal, a festa do nascimento do Senhor. As igrejas do mundo inteiro celebram o início do ano litúrgico nas quatro semanas que antecedem o Natal. Hinos, pregações, orações que marcam este tempo. Mas, afinal o que desejamos que chegue até nós? O que pedimos que venha em cada advento? Vem, Senhor Jesus é o que cantamos e oramos, mas, temos consciência do que pedimos?

A vinda de Jesus caracteriza o momento reservado por Deus para o grande julgamento da humanidade. O momento em que todos seremos julgados pelas nossas ações. Seremos julgados pelo nosso egoísmo ou fraternidade. Será que a humanidade está preparada para se apresentar diante do Senhor?

Acredito que não. Ainda há muito que se moldar para este momento tão ímpar na vida de cada criatura.

A humanidade está envolta numa grande ânsia de consumismo, de materialismo. Há muito querer no material e pouca importância de dá ao espiritual. Há muitas orações para que o Senhor dê mais emprego, mais roupas, mais isso ou aquilo e menos orações pedindo conversão da humanidade, santificação das famílias, fortalecimento do clero, luz para a juventude.

O momento da Eucaristia, onde Jesus se dá como alimento para a salvação da humanidade, é trocado por uma tela de TV, por causa do encerramento do campeonato onde o time do coração está na final. Quantas desculpas são dadas para não estar reunidos entre irmãos em momentos de oração. Quantos lares sendo desfeitos porque já não existe mais aquele amor real que é tão falado, mas pouco vivido.

A oração do “vem, Senhor Jesus” deve ser com a intenção de “conduz-me, Senhor”, “Ilumina-me, Senhor”, “molda-me, Senhor”, “faz-me fiel, Senhor”.

Ao invés de tanta preocupação com o ter material, ter a humildade de agradecer ao Senhor o bem da vida e passar mais a agradecer do que pedir. Lembrar das palavras do próprio Jesus quando disse: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas em acréscimo. Não vos preocupeis, pois, com o dia de amanhã: o dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu cuidado”. (Mt, 6,33-34)

E é vivenciando nossa fé que podemos chegar ao Natal do Senhor compreendendo o seu nascimento. Compreender a forma como Jesus veio, sua simplicidade, a pureza de uma criança, a realeza que se faz simples e humilde. Um ensinamento a cerca do modo como devemos ser e agir diante dos nossos irmãos.

O pedido de Salomão foi ouvido por Deus, pois, ele foi simples e humilde: “Dai, pois, ao vosso servo um coração sábio, capaz de julgar o vosso povo e discernir entre o bem e o mal; pois sem isso, quem poderia julgar o vosso povo, um povo tão numeroso? O Senhor agradou-se dessa oração, e disse a Salomão: Pois que me fizeste esse pedido, e não pediste nem longa vida, nem riqueza, nem a morte de teus inimigos, mas sim inteligência para praticar a justiça, vou satisfazer o teu desejo; dou-te um coração tão sábio e inteligente, como nunca houve outro igual antes de ti e nem haverá depois de ti. Dou-te, além disso, o que não me pediste: riquezas e glória, de tal modo que não haverá quem te seja semelhante entre os reis durante toda a tua vida. E, se andares em meus caminhos e observares os meus preceitos e mandamentos como o fez Davi, teu pai, prolongarei a tua vida. (1Rs 3,9-14)

Vamos nos preparar para o Natal do Senhor buscando a sabedoria de sermos humildes em nosso pensar e agir. Acreditar que o Pai nos ama e quer dar a todos os seus filhos um lugar no paraíso. Que a humildade e simplicidade do Menino-Deus possa nos ensinar a sermos mais irmãos.

Claudionor Cirilo

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

ENCERRAMENTO DA FESTA DE NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO

A festa de Nossa Senhora do Livramento teve seu ápice neste dia 27 de novembro quando todas as comunidades se reuniram para louvar a Mãe do Livramento com uma linda e fervorosa procissão pelas ruas de Taipu e uma participação ativa na Santa Missa que foi celebrada logo após no patamar da Igreja Matriz.

A festa teve início no dia 17/11 com uma carreata saindo da igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Poço Branco, com a presença das imagens de diversas comunidades até Taipu. Com caminhadas penitenciais nas madrugadas, ofício da Imaculada Conceição ao meio-dia, novena e Missa à noite o povo louvou e pediu à Mãe do Livramento que intercedesse ao seu Filho Jesus por bênçãos para este povo caminhante.

O Largo da Matriz, em Taipu, foi pequeno para a grande multidão que ali se fez presente no último dia de festa em homenagem à Mãe Terna da humanidade.

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...