Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

FINAL DE ANO

Mais um ano se passou. Durante todo o ano de 2009 todas as pastorais procuraram desempenhar suas funções da melhor maneira possível. A evangelização não deixou de acontecer e o Reino de Deus foi anunciado. A presença do Diác. José Belizário em nossa paróquia muito tem somado ao trabalho de assistência, tanto na cidade como nas comunidades, já que um sacerdote apenas não pode dar conta de uma Paróquia com 43 comunidades. Somos uma comunidade orante e sedenta do amor de Deus. Muito ainda se pode fazer por essa comunidade. A juventude precisa compreender que Jesus não é aquele carrasco que quer apenas que se fique de joelhos, mas sim, que deseja que todos os seus filhos sejam alegres e busquem a verdadeira paz. Paz esta que somente Ele pode dar.
Nossa comunidade participa e procura espaço para mostrar seu valor. A comunidade do Sagrado Coração de Jesus hoje conta com 04 (quatro) grupo de cânticos: SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, FILHOS DE MARIA, SANTA TEREZINHA E NOVA SEMENTE. Quatro grupos a ab…

FESTA DE SANTA LUZIA - COM. DE LAGOA DO BOI

A comunidade de Lagoa do Boi, distrito de Poço Branco, festeja sua padroeira, Santa Luzia. Neste dia 13 de dezembro aconteceram celebração, batizados e um casamento, presididos pelo Diác. José Belizário, colaborador na Cura Pastoral da Paróquia Nossa Senhora do Livramento. A comunidade de Lagoa do Boi tem mostrado sua devoção participando ativamente dos momentos de oração. A capela erguida em homenagem à Santa Luzia foi um grande esforço dos fiéis pra que a comunidade pudesse ter um lugar de encontro para as orações e devoções. Celebração da PalavraBatizado

SANTA LUZIA

Santa Luzia (ou Santa Lúcia), cujo nome deriva do latim, é muito amada e invocada como a protetora dos olhos, janela da alma, canal de luz.Conta-se que pertencia a uma família italiana e rica, que lhe deu ótima formação cristã, ao ponto de Luzia ter feito um voto de viver a virgindade perpétua. Com a morte do pai, Luzia soube que sua mãe queria vê-la casada com um jovem de distinta família, porém pagão. Ao pedir um tempo para o discernimento foi para uma romaria ao túmulo da mártir Santa Ágeda, de onde voltou com a certeza da vontade de Deus quanto à virgindade e quanto aos sofrimento por que passaria, como Santa Ágeda.

Vendeu tudo, deu aos pobres e logo foi acusada pelo jovem que a queria como esposa. Santa Luzia, não querendo oferecer sacrifício ao deuses e nem quebrar o seu santo voto, teve que enfrentar as autoridades perseguidoras e até a decapitação em 303, para assim testemunhar com a vida, ou morte o que disse: "Adoro a um só Deus verdadeiro, e a ele prometi amor e fidelid…