segunda-feira, 29 de março de 2010

DOMINGO DE RAMOS

A Comunidade do Sagrado Coração de Jesus, neste domingo 28/03, percorreu as ruas de Poço Branco participando da Procissão de Ramos. Rememorando o povo que recebeu Jesus na sua chegada à Jerusalém, o povo com seus ramos nas mãos cantavam "Hosana ao Filho de Davi".
Os poçobranquenses procuram viver sua fé e, do seu jeito simples, procura diminuir as dores do Coração de Jesus tão magoado pelos pecados dos seus filhos.
Com a igreja lotada os fiéis foram exortados a viverem sua fé neste momento tão forte que a igreja celebra. A Semana Santa se inicia na celebração da entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém. Chamados a viverem uma quaresma voltada à conversão e meditação sobre nossa condição de pecadores, no tríduo pascal nos entregamos profundamente e entramos mais profundamente na missão de Jesus que veio ao mundo para resgatar os filhos de Deus dispersos.
O Pe. João Maria dos Anjos convidou os fiés para fazerem sua reconciliação com o Pai através da confissão auricular e, assim, fazerem sua preparação para a grande festa da nossa igreja: A ressurreição de Jesus mostrando sua vitória sobre a morte.



domingo, 28 de março de 2010

COMUNIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS IDEALIZA PROJETO SOCIAL

Neste último sábado, 27/03, houve uma reunião com os representantes das pastorais e movimentos da comunidade do Sagrado Coração de Jesus, em Poço Branco, para a criação de um projeto social que visa dar assistência às familias da comunidade. Na primeira etapa o projeto visa trabalhar com aulas de reforço para as crianças carentes que tem dificuldade escolar. Todos que irão trabalhar no projeto são voluntários. Esse Projeto leva o nome de uma missionária que durante sua vida sempre trabalhou pelas familias da comunidade e que deu um grande exemplo de missão, "Raimunda Lucas". O nome do projeto será: "Projeto Social Raimunda Lucas". Está em fase se implantação.

sexta-feira, 26 de março de 2010

ESCOLA DA FÉ

Teve início no dia 25/03 o primeiro encontro para a realização da Escola da Fé na comunidade do Sagrado Coração de Jesus. Esse foi um pedido feito pelas pastorais tanto na Assembléia Pastoral de 2009 quanto na desse ano. Vendo a necessidade e o desejo que os agentes de pastorais têm de ter um melhor conhecimento da Palavra, o Pe. João Maria, decidiu ele mesmo ministrar esses encontros que acontecerão às quintas-feiras a cada quinze dias.
No primeiro encontro foi apresentado todo o conteúdo que será trabalhado por um período indeterminado.



quarta-feira, 24 de março de 2010

QUARESMA - TEMPO DE CONVERSÃO ONDE SE BUSCA A VERDADEIRA PAZ

VOCÊ TEM PAZ?

Um dos grandes problemas na vida das pessoas, nos dias atuais, é a falta de paz. Ah, como tem gente que não conhece o que é ter paz! Até porque tudo – ou quase tudo – que ocorre em suas vidas contribui para a falta de paz. Este, por sinal, é um problema de ordem universal, que atinge pessoas de todos os lugares, de todos os credos, todas as raças, ideologias e todas as condições sociais. E o mais interessante é que o ser humano deseja a paz, clama por paz, busca a paz, anseia pela paz – mas não sabe como construí-la, como alcançá-la. A mesma falta de paz que acarreta problemas na esfera individual também afeta a esfera coletiva. Como alguns indivíduos, isoladamente, não conseguem atingir um salutar estágio de paz, comunidades inteiras, países inteiros também padecem do mesmo mal, vivendo um exagerado e elevado patamar de ansiedade e conflitos que sempre deságuam na ausência de paz.

Segundo o dicionário dos homens, paz é a ausência de conflitos, de lutas, violências ou perturbações sociais. Também significa sossego, descanso, tranqüilidade, concórdia, harmonia. Como se vê, não deixa de ser interessante e alvissareiro o conceito, a definição de paz segundo a ótica dos homens. Aliás, respeito muito esse conceito, esse significado de paz segundo a visão humana. Mas prefiro a paz segundo o conceito de Deus. Este nos introduz num contexto bem mais amplo, profundo e abrangente do que, realmente, significa a paz. O termo vem do hebraico “shalom” e tem um sentido tão amplo que em nenhuma outra língua pode ser expresso através de um só termo. Originalmente, paz significa está completo, está são, está bem em todos os sentidos, ser próspero e feliz. Ter saúde, alegria, vida digna demonstrada através do perfeito equilíbrio entre a necessidade e a provisão.

Portanto, paz é o completo bem estar traduzido no seu mais profundo significado: paz com Deus, paz conosco e com os nossos semelhantes. Na Bíblia há uma passagem que bem demonstra a profundidade do termo, através de um dos textos do apóstolo Paulo (2 Ts.3.16) que diz: “Ora, o Senhor da Paz, ele mesmo, vos dê continuamente a paz em todas as circunstâncias”. Nessas simples palavras de despedida, escritas numa carta endereçada aos cristãos de Tessalônica, Paulo chega ao âmago da questão quando recebe a revelação de Jesus Cristo “o Senhor da paz”. Está aí, portanto, o grave equívoco cometido por grande parte da humanidade quando tenta, fora do contexto construído por Jesus, encontrar a paz. Ora, a paz não é atributo de homens! A paz é um dom de Deus que se expressa em Jesus. Afinal, não foi ele quem nos garantiu “Eu vos dou a minha paz?”

Então, porque buscar a paz fora de Jesus? Em outra ocasião, logo após a ressurreição, ao aparecer aos discípulos, antes de falar qualquer coisa, Jesus disse: “A paz seja convosco”. Pois era exatamente de paz o que mais seus seguidores precisavam naquele momento. Estavam trancados, atemorizados após a crucificação de Jesus, sem saber o que poderia lhes acontecer da parte de Roma e dos poderosos sacerdotes judeus. Jesus sabia do temor que se apossara de todos eles e ministrou-lhes, de início, a paz. A paz que equilibra, que acalma, que acalenta. Hoje, do mesmo modo que naquele tempo, o temor, a insegurança, a ansiedade se apossam das pessoas infernizando suas vidas, tirando-lhes o sono e apequenando-lhes a qualidade de vida. Para estas, Jesus continua a oferecer a paz, a sua paz, a “que excede todo o entendimento”. Por sinal, agora, nesse momento, você está em paz?

Públio José – jornalista

(publiojose@garrapropaganda.com.br)

segunda-feira, 22 de março de 2010

QUARESMA: TEMPO DE PERDÃO

O Evangelho deste domingo nos veio ensinar sobre o grande ensinamento de Jesus sobre o perdão incondicional e nos chamar atenção com relação ao julgamento que fazemos sobre o pecado alheio nunca olhando para nós mesmos. Somos chamados, principalmente neste tempo quaresmal, a refletirmos sobre nossa conduta e como estamos lidando com a forma verdadeira de amar. Será que podemos achar a mulher adúltera indigna de receber o perdão? Será que nossas atitudes, mesmo participando das missas assiduamente, são melhores do que as dela? Será que estamos realmente participando ou apenas assistindo a missa?

Ao irmos para nossa cama à noite, devemos refletir sobre o que fizemos no nosso dia-a-dia e se praticamos verdadeiramente o amor incondional. Ao levantar-mos, precisamos pedir forças ao Senhor para sabermos conduzir nossas ações.

A comunidade do Sagrado Coração de Jesus, em Poço Branco, está celebrando de maneira mais dinâmica quando, além da leitura do Evangelho, dramatiza o mesmo para que as pessoas possam vivenciar um pouco aquilo que Jesus quer de cada um de nós.

A encenação da passagem do Evangelho segundo João 8,1-11, provocou emoção nos fiéis neste domingo. Todos puderam sentir um pouco do momento que Jesus nos chama atenção sobre nossa prepotência em julgar o próximo.

Veja abaixo algumas fotos da encenação, onde participaram: Maria albanita (adúltera), Francisco José e Nilson (fariseus) e o Pe. João Maria dos Anjos (no papel de Jesus):

Mulher pêga em adultério.

Fariseus a levam até Jesus.

Jesus a recebe.

"Aquele que não tiver pecado que atire a primeira pedra".

"Onde estão teus acusadores?"

Abraço de Pai.

POÇO BRANCO RECEPCIONA MISS@O.COM

A comunidade do Sagrado Coração de Jesus - Poço Branco, recebeu neste domingo, 21/03, os Agentes da Pascom das Paróquias que compõem o 7º Zonal da Arquidiocese de Natal. O encontro teve início às 07:30h e seu encerramento às 13h. Estiveram também presentes o Coordenador Arquidiocesado da PASCOM, Diác. José Bezerra; o articulador do 7º Zonal, Márcio Castilho; Pe. Edvaldo, Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Ceará-Mirim, além do Administrador Paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Livramento que sediou o encontro, o Pe. João Maria dos Anjos.
A assessoria do encontro ficou por conta do Diác. José Bezerra que enfatizou a importância e a responsabilidade de se utilizar os meios de comunicação dentro da Igreja.
Os agentes foram divididos em grupos para que podessem refletir sobre a missão de ser comunicadores, levando assim, a Boa-Nova a todas as pessoas.
Em uma segunda parte do encontro, foi-se refletida a missão e a responsabilidade que se deve ter dentro da Pastoral da Comunicação. Onde os agentes foram exortados a respeito do compromisso pessoal dentro da PASCOM.
O Diác. José Bezerra enfatizou a importância da campanha para a assinatura do Jornal "A Ordem", informativo da Arquidiocese de Natal.
Após o encerramento do encontro e, tendo todos os agentes voltados para as suas paróquias, Poço Branco teve uma maravilhosa e abençoada visita surpresa do nosso Arcebispo, Dom Matias Patrício de Macêdo, que veio para o Miss@o.Com. Infelizmente tinham lhe comunicado que o encontro seria o dia todo e ele somente pôde chegar por volta das 14h devido aos seus compromissos.
A Comunidade do Sagrado Coração de Jesus muito se alegrou quando soube da visita ilustre e vendo que o nosso Pastor veio visitar seu rebanho que trabalha, vive e intensifica sua vida de fé, oração e missão.
Que o nosso Arcebispo possa nos visitar mais vezes e sentir o calor fervoroso do povo católico de Poço Branco.
Abaixo temos um slide com as fotos do Miss@o.Com.



sábado, 20 de março de 2010

Miss@o.Com

Poço Branco receberá os Agentes da Pascom das Paróquias do 7º Zonal neste domingo 21/03 para a realização do Miss@o.Com. Das 7:30h às 12h todos estarão reunidos na escola Municipal Vereador Raimundo Rosa Santiago para a realização do evento. Que as bênçãos do Coração de Jesus e da Mãe do Livramento estejam com todos.

domingo, 14 de março de 2010

POÇO BRANCO PARTICIPA DA ROMARIA DOS MÁRTIRES

A Comunidade do Sagrado Coração de Jesus, de Poço Branco, também participou da Romaria dos Mártires que aconteceu em Uruassú. O povo de Poço Branco sempre demonstrou sua fé e devoção participando dos momentos de oração e celebrações que a Igreja promove. Uma comunidade que vive verdadeiramente a missão e sabe ser presente na sua Igreja. Os fiéis sentem sempre a necessidade de se ter, pelo menos, dois sacerdotes na paróquia para que se possa melhor atender. A paróquia hoje conta com o seu administrador paroquial, o Pe. João Maria dos Anjos Sobrinho, um colaborador paroquial, o Diácono Permanente José Belizário Ferreira e um candidato ao Diaconato Permanente, Claudionor de Souza. Sabemos que apenas um sacerdote para atender 43 comunidades não é o suficiente e a desculpa de que somos privilegiados por ter-mos um Diácono Permanente, onde nenhuma comunidade do interior ainda não tem, não é desculpa para não se olhar para a necessidade do povo de Deus. Paróquias do interior são mais necessitadas do que as da capital, principalmente quando falamos do difícil acesso elas. O Diácono Permanente muito tem ajudado a nossa comunidade, porém, sabemos que ele não pode exercer todas as funções do sacerdote e é aí que está a diferença.
Se Poço Branco ainda não merece ser pelo menos Área Pastoral, deveria-se pensar em um outro Padre. Nossa Arquidiocese está muito bem servida de sacerdotes, graças a Deus.

domingo, 7 de março de 2010

QUARESMA - TEMPO DE CONVERSÃO

Desde cedo aprendi que amar é ser feliz vendo a felicidade alheia. Que o mundo seria um grande paraíso se as pessoas tomassem consciência do grande dom do amor.
Cristo deu-nos este exemplo entregando sua própria vida para que toda a humanidade pudesse ser salva. Mas, não é egoísmo nem passar em rosto que esse amor seja reconhecido.
Deus deu um planeta inteirinho para as suas criaturas, mas deseja que ela reconheça com louvores e cumprimento dos mandamentos. Infelizmente, hoje está sendo fácil se dizer: "não dá mais", "não consigo", "não é pra mim".
Para mim, a dor de uma separação matrimonial está muito mais além do que por situação meramente humana, mas, por que um pedaço do Plano de Deus foi machucado pelo inimigo e, para ele, família separada é conquista da vitória de uma batalha.
Hoje não existe mais verdades, somente desculpas para se livrar logo do "problema".
A tal "liberdade" passou a ser algo mais valioso do que o compromisso sacramental.
"Na saúde e na doença" está mais sendo uma preocupação com a própria saúde do que com a doença do outro.
"Na alegria e na tristeza", muito mais desejando a sua própria alegria do que se preocupando com a tristeza de alguém.
"Amando-se" ficou sendo o gosto apenas. Mudou para: "Tenho um certo carinho" "te admiro".
"Respeitando-se" pensando apenas no respeito material do que na doação espontânea.
"Até que a morte os separe" este item está sendo muito pesado para os casais modernos.
Ainda não se conseguiu entender o mandamento do amor: "Dou-vos um novo mandamento: Amai-vos uns aos outros. Como eu vos tenho amado, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros". (Jo 13,34)
O que está se provando é que a humanidade não se ama.
Minha dor é imensa. Meu coração está machucado, comprimido por que muitas famílias deixam o inimigo entrar no seu lar e o deixa se alojar bem no centro.
Ele se delicia com a separação. E é aí que a dor é maior. Ele ri do Pai Eterno, pois, estragou uma parte do projeto de salvação.
Será que estão faltando rochas onde as casas possam ser construídas? Acredito que não. O detalhe é que hoje está se deixando o inimigo dinamitar o alicerce do lar.
Já não há mais diálogo familiar.
Não se faz programas em família.
"A televisão, o rádio e o jornal convencem mais cabeças do que o padre no altar" (Pe. Zezinho, scj). Mas, "eu ainda creio e quero crer" (Pe. Zezinho, scj).
Os barcos podem até afundar, mas se faz necessário ter sempre coletes salva-vidas para que se possa chegar até a margem.

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...