quarta-feira, 3 de setembro de 2014

CAPELA DE GAMELEIRA É REFORMADA E MISSAS RETOMADAS



A Paróquia de Nossa Senhora do Livramento realizou nesta terça-feira (02), uma grande manifestação de fé! Cerca de 130 paroquianos participaram da reativação da comunidade de Santa Terezinha, em Gameleira. As atividades tiveram início às 18h30, com a recitação do Terço das Rosas; em seguida o Pároco, Padre Helenildo Marques de Morais presidiu a Celebração Eucarística. Na missa, o Padre Helenildo abençoou a capela, e a articuladora paroquial Alzira Saldanha leu o registro daquele momento no livro de tombo paroquial. Caravanas de Taipu, Boa Vista, Arisco da Gameleira e Serra Pelada; e a Comunidade de Missão Católica de Evangelização – Magnificat participaram da missa. No final, todos se confraternizaram com o chá do dizimísta.

“Aqui na comunidade, sempre fizemos aulas de catequese e festas em prol da capela no tempo do Padre Cláudio Régio. A escola sempre foi nossa parceira na realização dos eventos. Mas infelizmente foi fechada. Hoje, a Gameleira tem poucos moradores, e junto deles iremos retomar esses trabalhos”, nos relata Terezinha de Freitas, uma das zeladoras da comunidade. A partir de agora a missa mensal da Gameleira acontece na 1° terça-feira de cada mês, às 18h30.. “Prazer e alegria”, era o sentimento de Raimunda Alice, que é também uma das zeladoras. “Ao ver a capela se deteriorando com tempo, sendo abrigo de animais e bichos persoentos, decidi bater ir na residência de Geralda Cruz para nos ajudar a reformar a capela. E graças á ela, estamos vendo a capela reformada e as missas retomadas”.


Após anos deteriorada, a capela de Santa Terezinha passou por uma restauração. A responsável pela reforma foi Geralda Cruz. “Após zeladores da comunidade baterem em minha porta pedindo ajuda para a capela, atendi de imediato. Fui na capela, e vi que estava totalmente deteriorada. Comprei todo o material, mandei pintar a capela, colocar novas portas, energia e retelhar, além de outros serviços” comenta Geralda. Ao visitar a capela, o professor Manoel Nely Rocha mandou restaurar a imagem de Santa Terezinha.

No dia 13 de agosto, a Comunidade Magnificat realizou uma missão evangelizadora na comunidade, e levantou alguns dados religiosos da comunidade. “Inicialmente mobilizamos os moradores para participar da missa, e aproveitamos um pouco para anunciar o Reino do Senhor, por meio da palavra; e também aproveitamos que a padroeira da comunidade é Santa Terezinha para falar um pouco da história de santidade dela, para que eles possam ser ainda mais devotos e ter mais amor á sua padroeira”, afirma Andréia Lustosa, missionária da comunidade Magnificat.

Na ocasião, o Padre Helenildo anunciou na missa o Tríduo de Santa Terezinha, que acontece de 29 de setembro á 1° de outubro deste ano. O tema é “Com Santa Terezinha, aprendemos a amar Jesus, a Igreja e os irmãos. E o lema: “Minha vocação é o amor”. A camisa da festa custa R$ 20,00; e estar á venda com Alzira Saldanha até o dia 23 de setembro.










Fotos: Paulo Henrique Viana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...