terça-feira, 20 de julho de 2010

MISSÃO

Os jovens se perguntam constantemente que caminho seguir, que rumo tomar na vida, ou até mesmo se tem uma missão a cumprir neste mundo. São tantos questionamentos e inquietudes que envolvem a mente de um jovem, que às vezes entramos em crise existencial, contudo deve-se tirar ensinamentos de cada dúvida e de cada questionamento. A busca pela verdade e a justiça tem quer ser incessante, e a empreitada pela edificação dos corações incansável.

“O coração humano projeta o caminho, mas é o Senhor quem dirige os passos” (provérbios 16, 9). “Ensina-me a cumprir tua vontade, porque és meu Deus. Teu espírito bom me guie por uma estrada plana” (salmos, 143,10).

Os ensinamentos da palavra de Deus, por meio das citações acima empregadas, nos fazem acreditar que somos capazes de cumprir nossa missão no mundo terreno, desde que o envolvimento seja por meio da verdade e da justiça. Uma vida limpa e lúcida.

Deus sempre está conosco nos auxiliando e abrindo o caminho. O seu passo sempre está à frente dos nossos. Desde cedo nos prepara para a vida, e põe em nosso meio pessoas que possam nos ajudar. Os pais, os irmãos e os amigos. Estas pessoas se tornam anjos para nós.

O medo de errar sempre bate a nossa porta e a decisão de sermos quem somos está no presente, não no passado ou no futuro incerto. Os sonhos de criança se tornam reais, a responsabilidade chega e o encanto muitas vezes acaba. Não somos mais crianças, temos um caminho, um objetivo, uma meta a alcançar. A cobrança em casa aumenta e os pais ficam preocupados com o nosso futuro, mas somos tão jovens que demoramos a compreender o sentido de tudo isso.

Nascemos, crescemos, damos frutos e morremos. O ciclo da vida é esse. E a vida? Cíclica. Um dia estamos bem e no outro, não tão bem como queríamos. Mas e aí, devemos esperar a vida passar? Não, devemos depositar a confiança em Cristo e pedir a ele que nos mostre o que deseja da gente. Não importa que sejamos médicos, engenheiros, advogados, políticos, professores, agricultores ou pescadores. Talvez, como pescadores sejamos mais felizes, se fomos pescadores de almas como Jesus Cristo foi.

Nossa missão é evangelizar, levar Cristo a todos, sem distinção. A escolha pode e deve ser essa. O resto? Deus nos dará como acréscimo.

Josy Souza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...