sábado, 1 de fevereiro de 2014

COLÔNIA DE FÉRIAS - UM EXEMPLO A SER SEGUIDO POR TODAS AS PARÓQUIAS

CENTENAS DE CRIANÇAS PARTICIPAM DA COLÔNIA DE FÉRIAS 2014

Correr, pular, cantar, sorrir, essas são algumas das características próprias de crianças e adolescentes. E na edição 2014 da Colônia de férias, da presença Salesiana de Gramoré, tudo isso está sendo possível. O evento que teve início no último dia 13 de janeiro, e que se estende até o dia 31 do mesmo mês, trouxe como tema: Semeando Sonhos, e conta com uma grande estrutura, montada em seis comunidades da zona norte, sendo elas:: Pajuçara II, Eldorado (São Mateus), Sitio (Gramorezinho), Câmara Cascudo, Nova Natal e Gramoré (CEDB). O evento atinge esse ano o número de 500 crianças e adolescentes beneficiadas, e conta conta com 80 animadores voluntários.
Para Gean Santos, que atualmente coordena o grupo de jovens JCAC, da paróquia de Santa Luzia, em Nova Natal, participar da colônia de férias como animador é sempre muito gratificante, “Olhando nos rostos de cada criança que aqui está, me sinto muito motivado em meu trabalho pastoral; tendo em vista que a igreja precisa ter esse olhar,  um olhar mais especial com o social. E esse era o projeto de Cristo, amar à todos, mas, de forma especial, os pequeninos, os mais esquecido”, conclui Gean, que participa de sua terceira experiência como animador voluntário da colônia de férias.
Para alguns, mesmo tendo uma vasta experiência com trabalhos pastorais ligados a juventude da paróquia, essa está sendo a primeira experiência como animador, sendo também, confiada à missão de coordenar umas das comunidades, é o caso da jovem Magda Cardoso, educadora do CEDB, para ela “Essa é uma experiência nova. Nunca fui voluntária e, tão menos, coordenadora. Mas, tudo está sendo muito gratificante. Uma experiência fantástica! Aprendemos muito com cada criança que aqui passa. O tema nos chama atenção para os sonhos que cada um deve cultivar, e é isso que estamos tentando colocar no coração de cada um que aqui está; sempre tendo em vista algo melhor para a vida de cada um deles”.
E diante de toda uma organização, escutando algumas crianças, percebemos que o sentimento de gratidão é bastante presente, “Aqui eu posso me divertir muito: brinco, corro, jogo capoeira, futebol, tudo isso de graça. Queria que fosse o ano todo!”, disse Vitor Emanuel, 11 anos, participante da colônia de férias da comunidade de Câmara Cascudo.
A missão da coordenação geral ficou a cargo de Otacílio Marcelino, que já coordenou outras edições. “Vejo essa edição com um olhar bastante positivo! Podemos ver, a cada dia que passa que o número de crianças aumenta. Tudo isso é reflexo do bom trabalho que vem sendo feito, graças, é claro, a grande contribuição de voluntários e educadores envolvidos. Outro ponto que vejo como bastante positivo, é a descentralização. Estamos atendendo a seis comunidades, levando a colônia, cada vez mais, para perto deles”. Indagado sobre a continuidade do trabalho que vem sendo realizado na colônia de férias, Otacílio nos disse que foi feita uma inscrição com os participantes e aqueles que não estiverem inseridos no oratório Dom Bosco, serão convidados. “A nossa proposta também, é dar continuidade a esse trabalho no oratório. Aquilo que estamos apresentando na colônia é apenas um aperitivo do que teremos no oratório.” Concluiu o coordenador, que informou que o oratório iniciará em fevereiro.
Por Marcelo Henrique.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...