Pular para o conteúdo principal

PROFESSOR MANOEL NELI COMENTA MISSA EM LATIM CELEBRADA EM TAIPU

Comentário do professor Manoel Neli Rocha Vieira da Missa no Rito Extraordinário, celebrada na Igreja Matriz de Taipu no dia 15 de abril de 2013.

Centenário da Paróquia de Nossa Senhora do Livramento, Taipu-RN

1913 - 18 de abril - 2013
'100 anos de fé e devoção sob o olhar da Mãe do Livramento'

'Suscipiat Dominus sacrificium de manibus tuis ad laudem et gloriam nominis sui, ad utilitatem quoque nostram, totiusque ecclesiae suae sanctae'



Prof. Manoel Neli Rocha Vieira
      No dia 15 de Abril o Mons. Lucilo Alves Machado celebrou a Santa Missa em Latim (Rito Extraordinário) na Matriz de Nossa Senhora do Livramento de Taipu. Fazia parte das comemorações do Centenário de criação da Paróquia. A Santa Missa celebrada em Latim e no rito extraordinário não significa um retrocesso, nem uma volta á Igreja antes do Concílio, o que pretendíamos, o Pe. Helenildo Marques de Morais, Administrador Paroquial, a comissão do Centanário e o celebrante, o Mons. Lucilo Alves Machado, era mostrar para o povo de Deus que vivenciou este período e para as novas gerações, a beleza da liturgia e do canto gregoriano, a verdadeira música sacra da Igreja. Quanto á língua latina, língua oficial da Igreja, permanece viva e usada nos documentos oficiais do Vaticano, nas Letras Apostólicas e celebrações Solenes, (oportuno lembrar que o Papa Bento XVI no início do seu pontificado recomendava as celebrações em Latim); recentemente, mais precisamente, no dia 14 de março, o Santo Padre, FRANCISCO celebrou com os Eminentíssimos Cardeais em Latim e a Schola Cantorum da Capela Sistina cantou a Missa VIII - DE ANGELIS, e os Senhores Cardeais cantaram com o coro todas as partes fixas da Missa, Kyrie, Glória, Credo, Sanctus e Agnus Dei. Esta mesma Missa - DE ANGELIS - foi cantada em Nossa Matriz, bem como, o solene Te Deum na vigília do Centenário (na madrugada do dia 17 para o dia 18 de abril). 
     Para os que dizem, criticam, afirmando que o povo não ''entende'', diria; para ''sentir'' não é necessário entender. Alguém já tentou ''entender'' o cântico dos pássaros? No entanto nos deleitamos com seu mavioso canto! E a juventude canta e ''curte'' a música de seus ídolos, em inglês, sem que, para isto, fale ou entenda esta língua. 
     Não se deve esquecer, porém, que o Concílio Ecumênico não desaconselhou, mas, ao contrário, em sua Constituição sobre a Sagrada Liturgia, afirma que '' a Igreja reconhece o Canto Gregoriano como próprio da Liturgia Romana. Portanto em igualdade de condição, ocupa ainda o primeiro lugar nas ações litúrgicas''. (cf. SC 116). 
     E o estudo do Santo Sacro, especialmente do Gregoriano, continua a ocupar importante lugar na formação litúrgic dos Sacerdotes, religiosos e fiéis leigos (cf SC 115), não se pode dizer que aí termina o interesse por tal gênero de música,. Oportuno citar o poeta romano que pontifica em sua magistral frase: ''Paula maiora canamus''. 
     Em nossos templos não há mais espaço para o profano nas celebrações litúrgicas, aculturação não implica negação dos valores sacros. ''O Pulchritudo semper antiqua et semper nova'' (Santo Agostinho)
Deo Gratias!


Fotos da Missa Tridentina ( em Latim ):


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO PEDRO E SÃO PAULO

Hoje a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo apóstolos. Estes santos são considerados "os cabeças dos apóstolos" por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários. Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao Mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro. Em princípio, fraco na fé, chegou a negar Jesus durante o processo que culminaria em Sua morte por crucifixão. O próprio Senhor o confirmou na fé após Sua ressurreição (da qual o apóstolo foi testemunha), tornando-o intrépido pregador do Evangelho através da descida do Espírito Santo de Deus, no Dia de Pentecostes, o que o tornou líder da primeira comunidade. Pregou no Dia de Pentecostes e selou seu apostolado com o próprio sangue, pois…

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com a banda de musica às 5h, juntamente com uma queima de fogos; missa solene, às 9h, celebrada pelo Padre Rodrigo Paiva; Ofício da Imaculada Conceição, às 11h30; e às 12h, solene descida da imagem de Nossa Senhora do Livramento do seu nincho, sendo coroada logo em seguida, e saudada por um pipocaço de fogos. Às 16h, a imagem de Nossa Senhora do Livramento saiu de sua matriz em procissão pelas ruas de Taipu, tendo grande número de fiéis acompanhando. Ao chegar na matriz, houve a Missa de encerramento da festa, celebrada pelo Padre Edílson Soares Nobre. Após a Missa foram arriadas as bandeiras, com o show pirotécnico. A festa foi encerrada após a solene subida de Nossa Senhora ao seu nincho, e da entrega das flores. Ás 18h30, foi servido o jantar de Nossa Senhora do Livramento, no largo da matriz. Um grande momento de confraternização e reencontro das …

TAIPU REALIZA VESTIDURA DE COROINHAS

A Paróquia de Nossa Senhora do Livramento realizou no dia 22 de fevereiro, a investidura dos 10 novos coroinhas e a renovação de 8 antigos em Taipu. A celebração foi durante os festejos do aniversário natalício do Padre Helenildo Marques, na matriz de Nossa de Nossa Senhora do Livramento. Cerca de 30 coroinhas de Poço Branco e Natal participaram da investidura, juntamente com os paroquianos das comunidades que lotaram a igreja por ocasião da data importante para a paróquia. Veja as fotos:











Fotos: Pascom Santo Antônio de Pádua