segunda-feira, 8 de novembro de 2010

DIA NACIONAL DE AÇÃO DE GRAÇAS


Chamamos atenção para o Dia nacional de Ação de Graças, que é celebrado dia 25 de novembro do ano em curso.

O Dia Nacional de Ação de Graças teve origem em 1621, na festa celebrada em gratidão a Deus pela boa safra, que garantiu a sobrevivência da frágil colônia de ingleses 'peregrinos', recém-chegados na América do Norte.

“Para aqueles que estão no caminho espiritual, o Dia de Ação de Graças anuncia formalmente a chegada de um novo tempo, do Natal e simboliza a gratidão que sentimos à medida que nos aproximamos de Deus. Da mesma forma que o dia de Ação de Graças precede o Natal, o coração que é constantemente agradecido é um precursor do glorioso nascimento interno da Consciência Crística - alegre realização da Presença Divina em toda a criação.”

Deve-se aproveitar o Dia de Ação de Graças para se refletir sobre como se tem agido, como cristão, no ano que se finda: como me comportei diante da palavra de Deus? Como agi em relação a meu próximo? Movidos pela Fé, qual foi o testemunho que dei sobre Nosso Senhor Jesus Cristo? Fiz alguma boa ação?

Mas o Dia de Ação de Graças evoca algo mais: o momento em que se deve, sobretudo, agradecer a Deus por tudo que Ele proporciona à vida de cada um de nós, pois ela é um Dom de Deus que dEle se emprestou e, por ela, se deve agradecer.

Agradecer a Deus, de modo especial pela vida e por tudo que concede ao ser humano, é reconhecer que Ele é o Senhor de tudo e de todos e, para tanto, é preciso estar revestido do espírito de humildade, ou seja, daquilo que falta em nossos corações, em virtude dos valores do mundo se sobreporem às coisas de Deus. Fato que se comprova em decorrência da pouca atenção, da parte dos cristãos, que é dada ao Dia de Ação de Graças.

Este dia, conforme nos fala o terceiro parágrafo acima, simboliza a gratidão que sentimos à medida que nos aproximamos de Deus. Ora, se este dia está caindo no esquecimento, isto significa que não estamos tão próximos de Deus como se pensa.

Então, devemos parar e rever nossa condição de cristão e, se tivermos imbuídos do espírito de humildade para reconhecer que o Senhor é nosso Deus. Nesse sentido, devemos nos preocupar em resgatar o verdadeiro sentido do Dia de Ação de Graças e torná-lo uma realidade, não só em nossas vidas, mas também em nosso calendário litúrgico, visando a exortar todos os seguidores de Nosso Senhor Jesus Cristo a celebrar este dia como ele realmente merece ser celebrado, pois a Boa Nova escrita pelo evangelista Lucas, destaca-se como o Evangelho da Figura Materna de Deus.

Agradecer a Deus, entendendo que tudo lhe pertence e que providencia o melhor para nós, é sinal de amor e de obediência à Sua vontade. No ano de 1909, Joaquim Nabuco, Embaixador do Brasil nos Estados Unidos, assistiu a um Culto de Ação de Graças. Ficou tão impressionado que declarou: "Quisera que toda a humanidade se unisse, num mesmo dia, para um universal agradecimento a Deus".
Em 1949, foi votada no Congresso Nacional e sancionada pelo Presidente Eurico Gaspar Dutra, a Lei no 781, que instituiu no Brasil o Dia Nacional de Ação de Graças.

Assim, que leigos e leigas, religiosos e religiosas, Diáconos, Presbíteros e Bispos, se unam fervorosamente neste dia para louvar e agradecer ao Deus da Vida.

Prof. Diácono Miguel A. Teodoro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...