segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

PRECISAMOS, COMO CRISTÃOS, VIVER A NOSSA FÉ

A passagem do ano é sempre esperada por todos e se fica a grande ansiedade de poder "passar" com alegria e saúde. A santa Missa marca as bênçãos do céu, por intercessão de Nossa Senhora Rainha da Paz, para aquele ano que se inicia. É assim em toda parte do mundo. O que ainda me deixa muito triste é ver a falta de compromisso de nós católicos, o que muitas vezes não se entende nem o que significa aquilo que muitas vezes se responde como sendo o seu segmento religioso nas pesquisas do IBGE. E muitas vezes se leva o título de "católico IBGE".
Por significar Universal, precisamos viver essa universalidade no amor ao próximo, no serviço ao Reino doando até nossa própria vida.
O momento de ir à Igreja precisa ser visto como um grande momento onde junto com todos os irmãos iremos dar graças ao Pai por tudo que Ele tem feito em nosso favor. A Igreja, Casa de Oração, não pertence ao Padre, ao Diácono, ao Bispo, e sim a todos nós que também somos Igreja, templo vivo do Senhor.
"O zelo da tua casa me consome (Sl 68,10)". Devemos ter este zelo, pois o Senhor merece todo o carinho que seus filhos conscientes devam dar.
A passagem do ano de 2009 para 2010 para mim foi angustiante. Não é justo que uma igreja com um número tão grande de fiéis (se podemos dizer assim) possa ter passado pela situação que passou.
Até quando precisamos viver mendigando por ajuda, por mão-de-obra, por material. De certa maneira, algo simples como a organização de uma Missa Campal não pode deixar de acontecer porque não temos um iluminação adequada ou um local para se colocar o altar.
Às vezes se coloca culpa nos poderes públicos, mas a igreja tem que ser mantida pelos seus. Nossa casa é de responsabilidade nossa.
Um dízimo fiel muito ajuda para que se possa trabalhar melhor. Nem tudo se consegue por doação.
Fiquei triste ao ver que a igreja estava lotada, mas na parte externa ainda tinha muita gente, já que não dava para todos entrarem.
Em 2010 o "pidão" voltou à ativa e veio para atiçar a comunidade a respeito da responsabilidade que devemos ter pelo zelo do Templo do Senhor.
Já começou a surtir efeito. A primeira doação chegou. Refletores para serem instalados na torre das Igreja já foram prometidos. Ainda falta muito: PIA BATISMAL, ESTRUTURA DE APROXIMADAMENTE 4mt DE COMPRIMENTO x 2mt DE LARGURA E 1mt DE ALTURA PARA O ALTAR DAS MISSAS CAMPAIS, O FECHAMENTO DO TERRENO POR TRÁS DA IGREJA E CENTRO PASTORAL, SERVIÇO DA CASA PAROQUIAL (que está em estado precário), são algumas das metas a serem atingidas por todos nós que somos IGREJA.
O povo de Poço Branco é um povo de fé e solidário, precisa apenas de uma "sacudida" como já dizia o Pe. Luiz Mosconi nas Santas Missões Populares.
Vamos sacudir e dá ao Sagrado Coração de Jesus o devido louvor que ele verdadeiramente merece.

Abaixo algumas fotos da missa de fim de ano em Poço Branco.

Homilia do Pe. João Maria dos Anjos

Proclamação da Palavra pelo Diác. José Belizário

Em frente à Igreja - Muita gente

Lateral Lotada

Igreja Lotada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...