Pular para o conteúdo principal

1 ANO DE TERÇO DOS HOMENS EM POÇO BRANCO

ORÍGEM DO TERÇO DOS HOMENS

A irrupção de uma nova graça

A mais recente iniciativa divina no Movimento Apostólico de Schoenstatt.

O terço dos homens nasceu de uma semente muito fecunda lançada pelo Diácono JOÃO LUIZ POZZOBON. Foi em 10 de setembro de 1950, quando ele recebeu a imagem da Mãe Rainha para levá-la as famílias, hospitais, escolas aos presídios que esta semente iniciou sua germinação.

JOÃO LUIZ POZZOBON, desejava ser instrumento disponível para levar a Mãe Rainha a toda parte, e a forma concreta de atingir as pessoas, foi a reza do Terço. Com isso de alguma forma ele estava lançando a semente do Terço dos Homens no solo fecundo do movimento de Schoenstatt.

Na época, João Luiz Pozzobon já havia reunido em torno de si um grupo de 100 homens participantes. Foi entre ele que nasceu a idéia de mandar confeccionar algumas imagens da Mãe Rainha e ir com elas às famílias para rezar o Terço. Foi assim que nasceu a Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt. Sabemos como ele ficou sozinho neste grupo de homens. Porém, Seu João perseverou na sua missão porque sabia de sua responsabilidade, iluminado pelo Espírito Santo. Os planos da Providência são insondáveis. Até conseguem confundir as próprias autoridades eclesiásticas. As suas mensagens, mesmo as de maior importância, podem chegar até nós pelos meios mais inverossímeis A Providência Divina aproveitou a iniciativa de um pequeno grupo de homens que rezavam o terço na rua, enquanto suas esposas participavam de reuniões do Movimento de Schoenstatt. Isto acontecia mensalmente, junto à Casa Santuário Mãe Rainha, na Paróquia de Nossa Senhora de Lurdes, na cidade de Maceió.

Durou pouco esta devoção, não conseguindo congregar muitos participantes. Mas a iniciativa não se perdeu, graças à fé e ao olhar perspicaz de uma pernambucana coordenadora da Mãe Rainha. Ela aproveitou esse exemplo e falando com o seu pároco convenceu-o a fazer uma experiência.

E foi sob a orientação do Pe. Américo Vasconcelos, salesiano, e do zelo dessa senhora, Oneida Araújo da Silva que germinou a 05 de Março de 1997, a primeira semente do Terço dos Homens a nível paroquial, em Jaboatão dos Guararapes. Este começo deu-se na capela Nossa Senhora do Livramento, transformada em Santuário Paroquial. Era um grupo de 15 homens, a maioria já falecida.

Mas o passo mais importante veio mais tarde, quando um sacerdote de Schoenstatt, Pe. José Pontes tomou contato com a realidade desta paróquia, onde um grupo de homens rezava o terço. Achou a iniciativa interessante e resolveu experimentá-la no Santuário da Nova Evangelização, em Olinda. Foi aí que o Terço teve a sua grande valorização, integrando-se na fecundidade do Santuário e na força do seu Movimento. Vários anos se passaram para que ele se inculturasse e se organizasse devidamente.

Em Maio de 1998, surge uma decisiva mudança. Por inspiração de Carlos Alves e apoio dos restantes elementos, foi decidido que o Terço passasse a ser semanal em vez de mensal. E é com este ritmo que ele vai explodir para novos horizontes. É justo destacar o nome dos homens pioneiros que com a sua fé persistência, conseguiram implantar o nosso Terço no Santuário: Medeiros, Valmy, Sr. João, Francisco, Nelson, Marcos Filinto e Jairo.

RAZÃO DO NOME “TERÇO DOS HOMENS MÃE RAINHA”

No Santuário da Nova Evangelização, o Terço foi iniciado como grupo de oração e por isso ficou conhecido como Grupo de Oração Terço dos Homens, com a sigla (GOTH´S). Assim foi conhecido durante anos.

Em Março de 2007, os responsáveis do nosso Terço, o Coordenador Nacional, Carlos Alves e Pe Miguel Lecastre convidados a tomar parte no Simpósio sobre Mariologia, em Belém do Pará. Tratava-se de preparar a V Conferência do CELAM e da vinda do Papa Bento XVI à Aparecida. Em momento tão abençoado, pudemos os dois apresentar o Terço dos Homens no próprio Simpósio e ter também um tempo de reflexão sobre o seu andamento.

Preocupava-se a sua grande expansão, sem possibilidade dum controle. E também nos parecia faltar algo que não só o diferenciasse como o vinculasse ao Movimento. Os padres de Schoenstatt, Joaquim Alliende e Alexandre Awi, presentes e também participantes no Simpósio, deram-nos uma preciosa ajuda.

Acabamos por concordar que a expressão “Mãe Rainha” era a mais apropriada. Além da sua popularidade era a “palavra chave” que melhor definia e mostrava o vínculo do Terço dos Homens com o movimento de Schoenstatt. E a expressão Grupo de Oração, foi substituída, ficando o nome oficial Terço dos Homens Mãe Rainha.

Os frutos estão surgindo com muita rapidez. E como dizia João Luiz Pozzobon: A Mãe tem pressa e esta pressa é tão grande, que nós humanos, não conseguimos acompanhar.

Fonte: tercodoshomensmaerainhamossoro.blogspot.com


EM POÇO BRANCO

Em Poço Branco, o Terço dos Homens teve seu início na Capela Santa Terezinha no dia 07 de janeiro de 2010.

Todas as sextas feiras, às 19:30h cerca de 90 homens se reúnem para um momento de reflexão do Evangelho, cantos e a oração do Santo Terço.

A comemoração do primeiro aniversário do Terço dos Homens em Poço Branco aconteceu com uma carreata percorrendo alguns distritos do município, como Contador e Acauã, rezando o Santo Terço e finalizando com uma linda e festiva Celebração Eucarística na Capela Santa Terezinha, onde a comunidade se reuniu para louvar o Senhor e pedir as bênçãos sobre este movimento que a cada dia cresce e mostra seus frutos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com a banda de musica às 5h, juntamente com uma queima de fogos; missa solene, às 9h, celebrada pelo Padre Rodrigo Paiva; Ofício da Imaculada Conceição, às 11h30; e às 12h, solene descida da imagem de Nossa Senhora do Livramento do seu nincho, sendo coroada logo em seguida, e saudada por um pipocaço de fogos. Às 16h, a imagem de Nossa Senhora do Livramento saiu de sua matriz em procissão pelas ruas de Taipu, tendo grande número de fiéis acompanhando. Ao chegar na matriz, houve a Missa de encerramento da festa, celebrada pelo Padre Edílson Soares Nobre. Após a Missa foram arriadas as bandeiras, com o show pirotécnico. A festa foi encerrada após a solene subida de Nossa Senhora ao seu nincho, e da entrega das flores. Ás 18h30, foi servido o jantar de Nossa Senhora do Livramento, no largo da matriz. Um grande momento de confraternização e reencontro das …

TAIPU REALIZA VESTIDURA DE COROINHAS

A Paróquia de Nossa Senhora do Livramento realizou no dia 22 de fevereiro, a investidura dos 10 novos coroinhas e a renovação de 8 antigos em Taipu. A celebração foi durante os festejos do aniversário natalício do Padre Helenildo Marques, na matriz de Nossa de Nossa Senhora do Livramento. Cerca de 30 coroinhas de Poço Branco e Natal participaram da investidura, juntamente com os paroquianos das comunidades que lotaram a igreja por ocasião da data importante para a paróquia. Veja as fotos:











Fotos: Pascom Santo Antônio de Pádua

TAIPU ABRE FESTA DA PADROEIRA 2015

Foi aberta nesta quinta-feira (26), a Festa de Nossa Senhora do Livramento. Os festejos da padroeira de Taipu acontece de 26 de novembro á 6 de Dezembro, tendo como tema: "Com Maria, a Mãe do Livramento, anunciaremos a alegria do Evangelho" e lema: "Ai de mim, se eu não evangelizar! (Cor 9, 16)". Este ano será a 176a realização da festa da Padroeira. 
Os festejos foram abertos com uma carreata saindo da comunidade de Serra Pelada com a imagem de Nossa Senhora do Livramento, padroeira da paróquia; e a imagem de São Sebastião, padroeiro de Serra Pelada. As imagens foram escoltadas pela Polícia Rodoviária Federal - PRF, Polícia Militar - PM, e Pré-Militar.  Logo na entrada de Taipu, os paroquianos e devotos de Nossa Senhora esperavam a carreata para fazer uma bonita caminhada até a igreja Matriz. 
Ao chegar na matriz, houve o hasteamento das bandeiras e estandarte, e a bênção dos motoristas e motoqueiros.  Em seguida foi celebrada a Santa Missa de Abertura da Festa de N…