sábado, 27 de fevereiro de 2010

POÇO BRANCO REALIZA MINI ASSEMBLÉIA PASTORAL

Hoje, no período de 08h às 13h, a comunidade do Sagrado Coração de Jesus, de Poço Branco e as comunidades distritais religiosas do município, juntamente com o Pe. João Maria dos Anjos e o Diác. José Belizário.

Após a Oração Inicial e sendo feita uma dinâmica para chamar mais a atenção de todos os presentes com relação ao compromisso de todos com a missão e o companheirismo, o Pe. João Maria explicou a todos da possibilidade de podermos nos tornar Área Pastoral.
Falou que é um desejo dele próprio, também, porém, mostrou alguns requisitos para que isso podesse vir a acontecer.
Vejamos:

* Casa Paroquial;

- Isso Poço Branco já tem, porém, também é necessário a manutenção desta casa e de quem
nela possa vir morar como: alimentação, anergia, água, telefone e empregada.

* Carro;

- Para que o Padre possa se deslocar para as comunidades e celebrar se faz necessário um
carro e, com ele, a manutenção: peças, combustível.

* Plano de Saúde;

- O clero precisa de um plano de saúde para a manutenção de sua saúde, já que em nosso país,
como um todo isso ainda é uma situação precária.

* Salário;

- Um sálário para o padre, pois assim diz Senhor: "Permanecei na mesma casa, comei e bebei do
que eles tiverem, pois o operário é digno do seu salário. Não andeis de casa em casa". (Lc 10,7);

* Secretaria;

- Passando a ser Área Pastoral, toda a administração passa a ser realizada dentro da Área, ela já fica independente da Paróquia Nossa Senhora do Livramento, e com isso, salário para a secretária ou secretário.

A arrecadação mensal, hoje, está em torno de R$ 2.500,00 e passando a ser Área Pastoral, precisaria de, no mínimo, uma arrecadação mensal de R$ 4.500,00, para poder se cumprir todoas as despesas.

A comunidade de Poço Branco, juntamente com todas as suas comunidades distritais religiosas precisam atuar com mais afinco para que se possa mostrar a Cúria Arquidiocesana que temos capacidade de sermos independente e andarmos com nossos próprios pés.

A Paróquia Nossa Senhor do Livramento tem um total de 43 comunidades e fica difícil para um padre apenas atender todas elas. Mesmo com a presença do Diácono José Belizário, o que já veio somar muito na Paróquia, ainda não se consegue dar um atendimento aos fiéis, pois sabemos que o diácono é limitado.

Acredito que o que está faltando é crédito.

A comunidade do Sagrado Coração de Jesus sempre foi atuante e nunca deuixou a "peteca cair", não será, com a criação da Área que ela vai deixar.

Houve uma divisão de grupos para se fazer uma avaliação de pontos positivos e negativos; opiniões de como dinamizar a Missa sem ferir a Liturgia e a criação de encontros de louvor nas comunidades.
Os grupos mostraram as atividades já existentes nas comunidades como: reza do Terço, Adoração ao Santíssimo Sacramento nas capelas que tem o Santíssimo, estudos bíblicos e Missas e celebrações com a presenças do Padre e do Diácono.
O Pe. João Maria também lembrou da enquete feita entre os fiéis sobre a mudasnça da Missa do domingo às 17:30h para o sábado às 19:30h, ficando assim o percentual: 64,25% aprovaram a mudança e 35,75 não aprovaram. Esta enquete foi realizada, porque o Pe. João Maria notou um esvaziamento de fiéis na missa do domingo em relação a quando era celebrad no sábado.
Abaixo algumas fotos do encontro. Coloque o mouse sobre a foto para visualisar a legenda.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...