Pular para o conteúdo principal

FESTA DOS MÁRTIRES NO RN




O dia dos Mártires de Cunhaú e Uruaçú, celebrado em 3 de outubro, terá uma vasta programação religiosa em São Gonçalo do Amarante, município da região metropolitana de Natal. Como acontece todos os anos, a partir das primeiras horas da manhã, o Monumento dos Mártires, localizado na comunidade de Uruaçú, recebe os devotos para um dia de adoração e orações. Esse ano o evento terá o show de evangelização do Padre Reginaldo Manzotti, às 16h, segundo informações da prefeitura.

A Festa dos Mártires de Uruaçu teve início no último dia 22 de setembro, com a realização da Motoromaria, e faz parte do calendário de eventos do Estado, contando com a realização da Arquidiocese de Natal e apoio da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante. A expectativa dos organizadores é que este ano o público seja superior a 100 mil pessoas no monumento erguido aos “Bem-Aventurados”.
Confira a programação

De 22/09/2013 a 02/10/2013
(Horário para todos os dias no monumento em Uruaçu)
19h: Adoração ao Santíssimo Sacramento
19h30: Missa

Dia 28/10/2013
17h: Adoração ao Santíssimo Sacramento
18h: Caminhada do Terço Luminoso da Comunidade de Uruaçu para o Monumento dos Mártires

Dia 03/10/2013 – Feriado Estadual dos Mártires
07h: Missa no Monumento
09h: Missa Vale de Uruaçu
10h: Missa no Monumento
12h: Missa no Monumento
13h: Peregrinação da Pastoral da Sobriedade da Vila de Uruaçu
Das 10h às 14h: Confissões, Terços e Adoração ao Santíssimo Sacramento
16h: Show com o Padre Reginaldo Manzotti
18h: Concelebração Presidida por Dom Jaime Vieira Rocha – Arcebispo de Natal
Terra de Mártires

O território são-gonçalense foi banhado com muito sangue, quando no dia 3 de outubro de 1645 ocorreu o 'Massacre de Uruaçu', onde 28 cristãos foram mortos por índios e soldados holandeses.
Jacob Rabbi, alemão a serviço do governo holandês, vivia com os índios Tapuias. Em conjunto com Paraopeba, chefe indígena convertido ao calvinismo, lideraram o massacre. Durante uma celebração, logo após a elevação da hóstia, soldados holandeses trancaram todas as portas da igreja. Já esperando estavam os índios potiguares e tapuias que invadiram o local e mataram os colonos presentes à missa. Foram praticados atos com requinte de crueldade. Alguns tiveram o direito à despedida.
A sobrevivência dependia da conversão ao calvinismo, fato rejeitado. Suas línguas foram arrancadas para que não fizessem orações católicas. Braços e pernas foram decepados, crianças partidas ao meio e muitos corpos degolados. Este foi o cenário do morticínio. Porém, todos oraram com muita fé até a morte.

O Padre Ambrósio Francisco Ferro, ainda vivo, foi muito torturado. Mateus Moreira teve seu coração arrancado pelas costas e, mesmo com todo o sofrimento, ainda pronunciou: “Louvado seja o Santíssimo Sacramento”. Ninguém renegou a Deus e nem a Igreja. Morreram com fé e fidelidade.
O processo de beatificação deu início em 15 de maio de 1988, quando Dom Alair Vilar iniciou o estudo sobre os Mártires de Uruaçu e Cunhaú, designando posteriormente Monsenhor Francisco de Assis Pereira o postulador da causa. No dia 5 de maio de 2000 ocorreu a beatificação oficializada em Roma, pelo Papa João Paulo II.
Em homenagem ao morticínio, foi erguido um monumento na localidade de Uruaçu, próximo aonde ocorreu o martírio, denominado 'Monumento aos Mártires', que foi inaugurado no dia 05 de dezembro de 2000 com a presença de aproximadamente 15 mil pessoas, incluindo diversas autoridades eclesiásticas e governamentais.
O local abrange uma área de dois hectares, doada pela família Veríssimo, proprietária da fazenda. O Monumento aos Mártires foi projetado pelo arquiteto Francisco Soares Junior, tendo capacidade para receber 20 mil peregrinos. Atrás do palco há um painel medindo 30 metros. O Capelão do monumento é o Padre Antônio Murilo de Paiva.

A cidade se encontra receptivo a todos que buscam reafirmar sua fé, conhecendo o local que foi palco de um grande massacre. No dia 03 de outubro é feriado estadual em comemoração ao Dia dos Mártires de Uruaçu e Cunhaú, segundo Lei Nº 8.913/2006.

FOTO: Divulgação
FONTE: G1 RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO PEDRO E SÃO PAULO

Hoje a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo apóstolos. Estes santos são considerados "os cabeças dos apóstolos" por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários. Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao Mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro. Em princípio, fraco na fé, chegou a negar Jesus durante o processo que culminaria em Sua morte por crucifixão. O próprio Senhor o confirmou na fé após Sua ressurreição (da qual o apóstolo foi testemunha), tornando-o intrépido pregador do Evangelho através da descida do Espírito Santo de Deus, no Dia de Pentecostes, o que o tornou líder da primeira comunidade. Pregou no Dia de Pentecostes e selou seu apostolado com o próprio sangue, pois…

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com a banda de musica às 5h, juntamente com uma queima de fogos; missa solene, às 9h, celebrada pelo Padre Rodrigo Paiva; Ofício da Imaculada Conceição, às 11h30; e às 12h, solene descida da imagem de Nossa Senhora do Livramento do seu nincho, sendo coroada logo em seguida, e saudada por um pipocaço de fogos. Às 16h, a imagem de Nossa Senhora do Livramento saiu de sua matriz em procissão pelas ruas de Taipu, tendo grande número de fiéis acompanhando. Ao chegar na matriz, houve a Missa de encerramento da festa, celebrada pelo Padre Edílson Soares Nobre. Após a Missa foram arriadas as bandeiras, com o show pirotécnico. A festa foi encerrada após a solene subida de Nossa Senhora ao seu nincho, e da entrega das flores. Ás 18h30, foi servido o jantar de Nossa Senhora do Livramento, no largo da matriz. Um grande momento de confraternização e reencontro das …

TAIPU REALIZA VESTIDURA DE COROINHAS

A Paróquia de Nossa Senhora do Livramento realizou no dia 22 de fevereiro, a investidura dos 10 novos coroinhas e a renovação de 8 antigos em Taipu. A celebração foi durante os festejos do aniversário natalício do Padre Helenildo Marques, na matriz de Nossa de Nossa Senhora do Livramento. Cerca de 30 coroinhas de Poço Branco e Natal participaram da investidura, juntamente com os paroquianos das comunidades que lotaram a igreja por ocasião da data importante para a paróquia. Veja as fotos:











Fotos: Pascom Santo Antônio de Pádua