Pular para o conteúdo principal

ESPAÇO CIDADANIA

O Brasil vive sob um regime democrático de direito, aonde as pessoas possuem o direito de escolha de seus governantes. Os cidadãos maiores de 16 anos detêm o poder para eleger aqueles que administrarão a nossa cidade, estado e país.
Infelizmente, grande parte da população brasileira subjuga-se a um sistema de troca, no que diz respeito à arma mais poderosa que a sociedade tem: o voto. O que era para ser o meio pelo qual o povo gozaria de liberdade se torna, quando mal utilizado, a prisão cotidiana de uma escolha errônea.
É notório que geralmente, nas pequenas, médias e grandes cidades do Brasil, as coisas não são tão diferentes principalmente no que tange aos serviços básicos de saúde, educação, segurança, moradia e cultura.
O povo brasileiro tem direito legitimo assegurado na Constituição Federal de ter acesso com a devida qualidade aos serviços mencionados acima. Se é, pois um direito legitimo, porque então tanto descaso? Os vilões dessa história começam pelo próprio povo que aceita as convenções impostas por aqueles que detêm o poder. Lógico que para uma família que passa privações financeiras a “ajuda” do político em plena campanha acaba sendo valiosa.
Todavia se utilizarmos a consciência perceberemos que a situação dos menos favorecidos é a mesma, como se nada mudasse, nem mesmo os figurões políticos. As pessoas podem até não ter acesso a uma educação de qualidade, mas, elas tem acesso a sua própria condição. Quando estas olharem para as suas condições verão que algo esta errado.
Ao perceberem poderão mesmo, sem tanto esclarecimento, visualizar que a luta por uma sociedade mais justa e digna depende das ações que elas promovem. Simplificando o voto é o meio pelo qual o povo poderá encontrar a liberdade de ter acesso aos direitos resguardados na Constituição Federal. Um Brasil melhor depende da união de todos em prol de um mesmo objetivo, uma sociedade mais justa e menos desigual.

Josy Souza

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO PEDRO E SÃO PAULO

Hoje a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo apóstolos. Estes santos são considerados "os cabeças dos apóstolos" por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários. Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao Mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro. Em princípio, fraco na fé, chegou a negar Jesus durante o processo que culminaria em Sua morte por crucifixão. O próprio Senhor o confirmou na fé após Sua ressurreição (da qual o apóstolo foi testemunha), tornando-o intrépido pregador do Evangelho através da descida do Espírito Santo de Deus, no Dia de Pentecostes, o que o tornou líder da primeira comunidade. Pregou no Dia de Pentecostes e selou seu apostolado com o próprio sangue, pois…

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com a banda de musica às 5h, juntamente com uma queima de fogos; missa solene, às 9h, celebrada pelo Padre Rodrigo Paiva; Ofício da Imaculada Conceição, às 11h30; e às 12h, solene descida da imagem de Nossa Senhora do Livramento do seu nincho, sendo coroada logo em seguida, e saudada por um pipocaço de fogos. Às 16h, a imagem de Nossa Senhora do Livramento saiu de sua matriz em procissão pelas ruas de Taipu, tendo grande número de fiéis acompanhando. Ao chegar na matriz, houve a Missa de encerramento da festa, celebrada pelo Padre Edílson Soares Nobre. Após a Missa foram arriadas as bandeiras, com o show pirotécnico. A festa foi encerrada após a solene subida de Nossa Senhora ao seu nincho, e da entrega das flores. Ás 18h30, foi servido o jantar de Nossa Senhora do Livramento, no largo da matriz. Um grande momento de confraternização e reencontro das …

TAIPU REALIZA VESTIDURA DE COROINHAS

A Paróquia de Nossa Senhora do Livramento realizou no dia 22 de fevereiro, a investidura dos 10 novos coroinhas e a renovação de 8 antigos em Taipu. A celebração foi durante os festejos do aniversário natalício do Padre Helenildo Marques, na matriz de Nossa de Nossa Senhora do Livramento. Cerca de 30 coroinhas de Poço Branco e Natal participaram da investidura, juntamente com os paroquianos das comunidades que lotaram a igreja por ocasião da data importante para a paróquia. Veja as fotos:











Fotos: Pascom Santo Antônio de Pádua