terça-feira, 23 de agosto de 2011

ESPAÇO CIDADANIA

O Brasil vive sob um regime democrático de direito, aonde as pessoas possuem o direito de escolha de seus governantes. Os cidadãos maiores de 16 anos detêm o poder para eleger aqueles que administrarão a nossa cidade, estado e país.
Infelizmente, grande parte da população brasileira subjuga-se a um sistema de troca, no que diz respeito à arma mais poderosa que a sociedade tem: o voto. O que era para ser o meio pelo qual o povo gozaria de liberdade se torna, quando mal utilizado, a prisão cotidiana de uma escolha errônea.
É notório que geralmente, nas pequenas, médias e grandes cidades do Brasil, as coisas não são tão diferentes principalmente no que tange aos serviços básicos de saúde, educação, segurança, moradia e cultura.
O povo brasileiro tem direito legitimo assegurado na Constituição Federal de ter acesso com a devida qualidade aos serviços mencionados acima. Se é, pois um direito legitimo, porque então tanto descaso? Os vilões dessa história começam pelo próprio povo que aceita as convenções impostas por aqueles que detêm o poder. Lógico que para uma família que passa privações financeiras a “ajuda” do político em plena campanha acaba sendo valiosa.
Todavia se utilizarmos a consciência perceberemos que a situação dos menos favorecidos é a mesma, como se nada mudasse, nem mesmo os figurões políticos. As pessoas podem até não ter acesso a uma educação de qualidade, mas, elas tem acesso a sua própria condição. Quando estas olharem para as suas condições verão que algo esta errado.
Ao perceberem poderão mesmo, sem tanto esclarecimento, visualizar que a luta por uma sociedade mais justa e digna depende das ações que elas promovem. Simplificando o voto é o meio pelo qual o povo poderá encontrar a liberdade de ter acesso aos direitos resguardados na Constituição Federal. Um Brasil melhor depende da união de todos em prol de um mesmo objetivo, uma sociedade mais justa e menos desigual.

Josy Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TAIPU ENCERRA FESTA DA PADROEIRA

Após 10 dias de festejos foi encerrada neste domingo (06), a Festa de Nossa Senhora do Livramento 2015. No último dia houve a alvorada com...